sábado, 28 de novembro de 2009

Tenho que prosseguir

Um dia desses, ou melhor, uma noite dessas em meu quarto, em silêncio orava à Deus. As palavras me fugiam, as lágrimas rolavam e quieta ouvia a voz dEle me pedindo para continuar.

A estrada é muito longa, tenho tropeçado, me arranhando nas pedras, sentindo dores nas costas, nos pés. A sola do sapato se desgastou, as roupas se rasgaram. Sinto frio, sinto fome, mas devo prosseguir.

Quando Deus me chamou disse que não seria fácil. Se fosse a estrada estaria cheia e teria trânsito de pessoas. Porém, o que vejo são um ou dois caminhando comigo, sofrendo como eu, mas com a certeza que o banquete nos espera.

Algumas vezes cruzo a estrada errada e o que ouço é Deus me pedindo para voltar. Outras eu cruzo por vontade própria, mas ao me arrepender, Deus abre uma passagem entre a mata me direcionando ao caminho certo. Encontro espinhos, rios, pedras, muros, árvores gigantes, fogo, mas Deus diz para não desistir, pois Ele me ajudará a superar.

Algumas curvas dali, encontro sombra e água fresca, comida e alegrias. Me sento por minutos e me recupero, entretanto é preciso voltar ainda tenho muito para aprender.

Há anos andando, não cheguei nem na metade, pois conforme foi fazendo minhas escolhas, minha estrada se aumenta, pois devo passar por todas as provas para um dia receber minha recompensa.

Se fosse fácil, tantos estariam ali. Mesmo errando quero prosseguir. Agora, com licença, tenho que continuar. Quem sabe em alguma esquina encontro você?!

Thayra Azevedo

Aos amigos e seguidores

Olá a todos que me acompanham, que me leem, que me visitam. Os fantasminhas ou os que põem a cara e mostram quem são e o que pensam.
Quero muito agradecer a cada um, pela importância e significado para o Flor de Liz. Tenho trabalhado tanto e sem muito tempo para me dedicar ao blog, mas quando leio um comentário carinhoso me alegro em saber que tem alguém do outro lado se interagindo comigo.
A todos o meu muito obrigada por estarem sempre aqui. Tentarei fazer o melhor para trazer conteúdo e uma pitada de vida e alegria para esse cantinho.
Que Deus abençoe a cada um
beijos
Thayra Azevedo

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Alternativa ao jornalista

Acabei de ler em meu e-mail, que foi aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ), na última terça-feira (23), a proposta que regulamenta a profissão de repentista.
O mais engraçado é que um grupo de amigos meus jornalistas, inclusive eu, adotamos essa profissão como segunda opção, caso o jornalismo não dê certo, já que agora não precisa mais de diploma... rsrs
Para alegrar um repente de Luciano Neto, Jornalista repentista

Mas é que pra ser jornalista Não precisa ter diploma Eu vou virar um repentista Pra me livrar desse coma Blom, blom, blom,

blom, blom....

R E N O V O

Mariana Torres

é Jornalista e uma grande amiga, passará a contribuir com o Flor de Liz a partir de hoje!

Por que lutar se todos se renderam? Por que não se aliar ao inimigo? Por que continuar quando todos desistiram? Tanto sangue já foi derramado. Corpos se encontram pelas ruas despedaçados. As marcas da destruição estão por todo lado, dentro e fora de mim. E por que eu ainda estou de pé? Como?

Desista, se entregue ao mar de sangue que circunda a tua segura e tão vulnerável ilha. Beba uma única vez das águas que neste mar se atormentam e tudo se acaba.

Eu me ajoelho, meu corpo vacila pela tontura e cansados, pesados, meus olhos enfim se fecham. Eu me encontro no centro de uma sala coberta de azulejos brancos e reluzentes, salpicados de sangue. E há sangue por toda parte, vivo sangue. E sai de mim, jorra como cachoeira dos meus olhos. Corre dos meus pulsos, contorna meus dedos e respinga o chão por onde ando, como uma garrafa de vinho deitada em uma taça. Eu caminho devagar e após meus passos ficam as pegadas marcadas pelo sangue.

O tom alvo do recinto é progressivamente encoberto pelo rubro. Eu me misturo ao cenário, numa composição perturbadora aos olhos, repugnante. Eu não quero ver, não quero ver. Fecho os olhos para fugir da aflição e então, reina a escuridão. E desse ambiente gélido, um sopro de calor me invade. E minha pele começa a se nutrir dele. É como se eu nunca houvesse existido, como se essa fosse a primeira sensação que minha memória consegue recordar.

E o calor me envolve como se eu estivesse exposta aos raios de um sol brando e agradável do outono. Como quando aquecida pelo fogo que consome a lenha de uma fogueira. E eu sou parte desse calor, sou reagente do fogo, assim como elementos que combinados resultam em perfeita harmonia. Como quando as lágrimas se misturam a chuva.

Eu já consigo abrir os olhos. Da escuridão se faz luz, tão forte luz que me ilumina. Eu me descubro sob um vestido de margaridas, ladeadas por milhares de flores, de todos os tipos, cores, tamanhos e dos mais variados perfumes. E elas parecem brotar instintivamente tão logo a chuva toca o chão. O cheiro de terra molhada invade minhas narinas. Pingos grossos de chuva caem gentilmente em meu rosto e me despertam para uma nova vida. E o que era choro se converte em riso. Um novo tempo começou.

sábado, 21 de novembro de 2009

Parabéns Tatá,

Amiga, hoje 21 de novembro de 2009 não é simplesmente mais um ano a se comemorar, pois sabemos que uma fase nova surgiu e que é preciso muita coragem, maturidade e fé para passar pelas lutas e provas. E isso você tem!!!
Quero afirmar o que sabes, que há 16 anos estou ao seu lado para o que der e vier, te amo como uma irmã, a minha irmã preta. Não são 16 segundo, 16 horas, dias nem meses, são anos de amizade verdadeira e sólida e muito amor e cumplicidade. Eu amo você, minha amiga mais preciosa.
Parabéns por ser essa mulher brilhante e admirável. Eu tenho orgulho de ser sua ‘irmã’, amiga, parceira, cúmplice, fã... Parabéns, que Deus continue cuidando de você e te levando a um caminho de bênçãos e riquezas, onde é o seu lugar: o topo!!!!!
PARABÉNS

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

...

“Horas sentadas em frente a uma folha em branco

e de mim nada sai, apenas suspiros.

Sem inspiração, um vazio, um aperto no coração.

Posso resumir que este é um retrato

mal pintado da minha alma.

Uma sensação de desespero, de mudança.

Um vento frio parece trazer chuvas,

trazer a alegria do começo de verão.

Passam minutos, estou sentada, ereta,

em minha velha cadeira de palha,

as mãos buscam desenhar o papel,

com palavras que mais parecem em vão.”

Thayra Azevedo

Bom fim de semana

sábado, 14 de novembro de 2009

Porque dEle são todas as coisas

Viver os dias parece fácil, mas com e em Deus é muito melhor. “Porque dele, e por ele, e para ele, são todas as coisas”, Romanos 11:36ª. Deus é o Deus do universo, tudo fez e tudo criou e o normal é que nós seres humanos entreguemos tudo em suas mãos. Estar na vontade dEle depende apenas do homem, não é fácil, mais é necessário. Sendo Senhor de tudo, Ele sempre sabe o melhor para seu povo, pois alguns caminhos que homem cruza podem parecer certo aos seus olhos, porém apenas Deus sabe o que é mais perfeito. Ele direcionado tudo dará certo.

A expressão de entrega a Deus engloba todas as áreas de nossas vidas. Começando pelo nosso dia, quando acordamos é preciso confessarmos que nossas vidas pertencem a Ele, assim o dia sairá em Sua vontade. Quando deixamos Ele guiar as coisas fluem melhor, afinal Seu desejo é que sejamos dependentes dEle. Vida, família ministério, trabalho, sonhos, relacionamentos. Com isso em Suas podemos caminhar tranquilos, pois o melhor o Senhor irá providenciar.

Quando há entrega, há recompensa! Segundo o dicionário, entregar é confiar algo há alguém. Assim como Jesus se doou para seu povo por inteiro, deseja que nós tenhamos a mesma atitude. No entanto, o ato de doar será sempre para um alguém em que temos extrema confiança, principalmente quando se trata de nossas vidas. E é exatamente isso que Deus quer trabalhar em nós: a confiança nEle. "Sem fé é impossível agradar a Deus, pois quem dele se aproxima precisa crer que ele existe e que recompensa aqueles que o buscam". Hebreus 11:6.

A entrega também requer renúncias. Quando deixamos Deus direcionar as áreas de nossas vidas, é preciso estar adorando a Ele em espírito e em verdade e isso trás renúncia de sonhos, planos e costumes. A entrega deve ser total, para Ele trabalhar por completo em nós. É preciso estar disposto e de coração aberto, pois Ele está na porta, esperando abrirmos para entrar.

"Eis que estou à porta e bato. Se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e cearei com ele". Apocalipse 3:19.

Thayra Azevedo * Artigo originalmente publicado

no jornal Mundo Gospel, mês de outubro

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Devolta, mas ausente

Que saudades daqui!!!
Sumi, mas não sumi. Estou de volta, mas nem tanto.
Saudades do Ju, da Nati, da Genis e do baby dela, da Doce Essência, querida, como estás??... e de tanta gente... saudades
Ando voando por aí, trabalhando muito, cansada, mas FELIZ
beijos

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Salmos 30

“Exaltar-te-ei, ó SENHOR, porque tu me exaltaste; e não fizeste com que meus inimigos se alegrassem sobre mim. SENHOR meu Deus, clamei a ti, e tu me saraste. SENHOR, fizeste subir a minha alma da sepultura; conservaste-me a vida para que não descesse ao abismo. Cantai ao SENHOR, vós que sois seus santos, e celebrai a memória da sua santidade. Porque a sua ira dura só um momento; no seu favor está a vida. O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã. Eu dizia na minha prosperidade: Não vacilarei jamais. Tu, SENHOR, pelo teu favor fizeste forte a minha montanha; tu encobriste o teu rosto, e fiquei perturbado. A ti, SENHOR, clamei, e ao Senhor supliquei. Que proveito há no meu sangue, quando desço à cova? Porventura te louvará o pó? Anunciará ele a tua verdade? Ouve, SENHOR, e tem piedade de mim, SENHOR; sê o meu auxílio. Tornaste o meu pranto em folguedo; desataste o meu pano de saco, e me cingiste de alegria, Para que a minha glória a ti cante louvores, e não se cale. SENHOR, meu Deus, eu te louvarei para sempre.” Salmos 30

domingo, 8 de novembro de 2009

"Toda criança tem direito à educação".

terça-feira, 3 de novembro de 2009

Você sabe o tempo de decomposição de alguns materiais na natureza?

Mudar esse cenário envolve a redução de padrões sociais de consumo, a reutilização dos materiais e a reciclagem, conforme a "Regra dos Três Erres":

- Reduzir

- Reutilizar

- Reciclar

O bom é diminuir o volume do lixo de difícil decomposição, como vidro e plástico, evitar a poluição do ar e da água, otimizar recursos e aumentar a vida útil dos aterros. Ah, nem é assim tão complicado, não é verdade? Caso não haja coleta seletiva em seu bairro ou condomínio, procure as cooperativas de catadores, sempre tem uma perto da gente.

*Originalmente publicado no blog http://preservblog.blogspot.com/

domingo, 1 de novembro de 2009

Parabéns Tia Ni

Essa semana estamos comemorando o niver da minha sogrinha linda, ou melhor da Tia Ni. Amo ela de verdade, é uma mãe para mim!!! Unidas vencemos os homens que são maioria na casa dele, me divirto!!!! uhul \o/
Parabéns, que Deus continue te abençoando!!!!

Escrever

"Enquanto eu tiver perguntas e não houver respostas... continuarei a escrever."