segunda-feira, 11 de junho de 2012

Amor platônico


Eu te amo no silêncio, nos meus gestos mudos e nos meus sorrisos sinceros
Eu te amo nas minhas lágrimas, no meu aperto no peito e no meu olhar
Que quando se encontra com você não consegue parar de te desejar
Eu te amo de uma forma que não consigo controlar, nos sonhos, nos planos e na realidade
Eu te amo quando sinto saudades e não posso expressar
Eu amo nos versos mudos e no gritar do meu coração
Eu te amo só na possibilidade de poder te abraçar...
Eu te amo em silêncio e você nem imagina isso
Se imagina finge não perceber, pois um dia você disse em duras palavras e com um olhar tão doce não me querer...

Thayra Azevedo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é de suma importância. Ele será exibido após minha aprovação. Obrigada. Volte sempre. Thayra Azevedo