quinta-feira, 19 de abril de 2012

Deus repreende aquele que ama


Tratamos Deus como pai e um bom pai corrige seus filhos, porque seria diferente conosco? Às vezes não entendemos a correção de Deus e até ‘brigamos’ com Ele. Pode ser algo que Ele nos fala ou até mesmo que afasta de nós.

O problema é que não entendemos, na maioria das vezes, o motivo de algo estar acontecendo conosco. Mas a correção é a prova do amor dEle. Justamente por Ele não desejar que continuemos no erro, e consequentemente tenhamos perdas ou dores muito maiores do que a que nos permite passar, com o objetivo de mostrar que devemos agir diferente.

Pode ser um pecado escondido, atitudes erradas, sentimento de soberba, ou até achar que estamos no caminho certo por nós mesmos, mas precisamos lembrar do que Provérbios 14:12 nos diz: “Há um caminho que ao homem parece direito, mas o fim dele são os caminhos da morte.” E muito mais, o coração é enganoso, não podemos confiar em nossos sentimentos, eles nos enganam.

O que Deus deseja nos mostrar é que se houve correção é para o nosso próprio bem, ele jamais nos desampara e faz tudo para não errarmos o caminho e nos machucarmos ou até mesmo continuar impulsivamente caminhando para o precipício. Se está doendo a correção hoje, lembre-se que o seu coração e você sabem o que é melhor para você agora, mas Deus sabe o que é bom para a vida inteira.

Thayra Azevedo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é de suma importância. Ele será exibido após minha aprovação. Obrigada. Volte sempre. Thayra Azevedo