sábado, 10 de outubro de 2009

Caminhos ...

Tem caminhos na vida que nos levam ao buraco

Outros nos encaminham para a estrada da vida

Durante esse percurso tropeçamos em pedras

Sentimos medo, frio, arrepio e uivos da floresta

Dias coloridos, outros escuros e depressivos

Mas a certeza de dias melhores nos acompanham em todos os passos

O abraço de um amigo, o sorriso de uma criança

O canto dos pássaros e o brotar de uma flor no pé da montanha

Inusitados, surpreendentes ou previsíveis

Não importa o que se viva, a esperança renasce

A dor da alma ecoa como um grito

Mas a alegria sufoca qualquer sentimento inferior

Um passeio na floresta, pode te levar a lugares altos

A dor do deserto pode te tornar amargo

Mas um sorriso, o sol nascente traz de volta

Todo amor, esperança e o calor

Que a vida desejar me propor

Thayra Azevedo

Um comentário:

  1. Estar fora de si é ser como o universo. Sem inicio, meio ou fim.
    Se a tristeza toma forma ela nos engole. Nos tornamos um detalhe na sombra que nos segue aos passos curtos da vida.
    Talvez escrever uma poesia possa aliviar tantos sentimentos e angustias. Talvez o silêncio seja as melhores palavras..

    Saudades.

    Um beijo.

    ResponderExcluir

Seu comentário é de suma importância. Ele será exibido após minha aprovação. Obrigada. Volte sempre. Thayra Azevedo