segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Posso...

Posso ainda não ser perfeita

Mas acredito que ainda chego perto

Posso ter defeitos, ser indefesa

Mas luto e corro atrás do tempo esperto

Posso ter medos e frustrações

Mas Deus me ajuda nas desilusões

Posso ás vezes ser um furacão

Mas em meu peito vive a paixão

Posso ser desastrada e me esquecer

Mas nunca deixo de me lembrar de você

Posso tantas coisas e não perceber

Mas na vida, não posso deixar de viver

Thayra Azevedo

3 comentários:

  1. Doce Amiga,

    lindo este poema !
    E mais uma vez,obrigada pelo carinho,amizade e cuidados.
    Vc e um anjo de menina e sei que Deus cuida de ti constantemente ^.~

    Aproveito pra dizer que ja estando eu de volta ao Jardim,tem selo pra vc !

    Doces Beijos

    Doce Essencia

    ResponderExcluir
  2. volteiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii rs

    ResponderExcluir
  3. Olá Thayra!
    Lindo o que escreveu...
    Não tenho entrado muito por aqui. Não tô aguentando mais nada... também, com essa barriguinha aqui!..rsrs
    Deixei umas postagens programadas para o meu blog e peguei o selinho que me indicou. Adorei!
    Estamos na contagem regressiva pra chegada de nosso bebê JOSÉ MARCOS. Muita alegria, ansiedade e expectativa...
    Beijos, beijos, beijos, Genis.

    ResponderExcluir

Seu comentário é de suma importância. Ele será exibido após minha aprovação. Obrigada. Volte sempre. Thayra Azevedo