terça-feira, 23 de junho de 2009

Opinião

O MEC publicou hoje no Diário Oficial da União, uma portaria com normas específicas para credenciamento e avaliação de cursos de mestrado profissional. O Ministério da Educação espera transformar os cursos de especialização (pós-graduação lato sensu) em cursos de excelência em mestrado profissional. O ministro aproveitou essa deixa para deixar sua opinião a respeito da decisão do STF em relação ao diploma de jornalismo. Fernando Haddad disse o jornalismo será bastante beneficiado com a ampliação da oferta de mestrados profissionais.
“Penso que a expectativa dos veículos não é a extinção, mas a qualificação dos cursos de jornalismo. Muitos países não têm a obrigatoriedade do diploma para exercício da profissão, mas têm bons cursos superiores. O jornalismo é um dos pilares da democracia, não podemos desconsiderar as especificidades do exercício da profissão. Mais do que habilidades e competências, um curso de jornalismo deve trabalhar os valores da prática jornalística, preparar bem o profissional que fará a intermediação da informação para o público. Com a decisão do Supremo Tribunal Federal, o mestrado profissional em jornalismo deve ganhar força.”

Um comentário:

Seu comentário é de suma importância. Ele será exibido após minha aprovação. Obrigada. Volte sempre. Thayra Azevedo