terça-feira, 10 de março de 2009

Freedom

A liberdade me cativa!

Um comentário:

  1. Sinto em mim uma liberdade às vezes fingida, desconhecia e imoral... Sinto-me livre para ser o que sou, fazer o que gosto e quero.
    Mas o que vejo fora de mim não é muito lá o meu conceito de liberdade. Eu me aperto no meio de tanta confusão e desordem que me pego sempre na contramão.
    Quando sinto-me livre de verdade é quando escrevo, ai sim, este sou eu, esta é minha alma gritante, é meu pranto... A liberdade parece estar apenas dentro de nós e no resto que nos sobra como palavras...
    Eu não sou sempre assim, a tristeza apenas me serve de refugio, mas eu não sou um fugitivo da vida, eu sou tão comum quanto todos ao redor...

    Saudade de você lá na academia!

    Beijos querida

    ResponderExcluir

Seu comentário é de suma importância. Ele será exibido após minha aprovação. Obrigada. Volte sempre. Thayra Azevedo