sexta-feira, 24 de agosto de 2012

QUANDO DEUS QUEBRA NOSSAS EXPECTATIVAS


"Eu reconheço que para ti nada é impossível e que 
nenhum dos teus planos podem ser impedidos"
(Jó 42.2 NTLH)

 Ao longo da história Deus agiu de forma surpreendente. A maneira como ele operacionalizou seus milagres, sinais e prodígios quebraram e continuam quebrando toda e qualquer expectativa humana. Até porque é multiforme graça. É uma diversidade de operações, porém Deus continua sendo o mesmo, pois ele não muda. O que sofre modificações são as formas, as maneiras, os métodos de Deus em fazer cumprir a sua vontade em nossas vidas.
Nós seres humanos, limitados que somos, é que temos dificuldades de entender o agir divino. Nutrimos um mau hábito no coração de condicionar o operar de Deus. Deus tem que agir mediante as nossas expectativas e planos traçados.
Entretanto, diz a Escritura que “muitos são os planos do coração do homem”. Passamos toda a vida planejando; arquitetando e sonhando com coisas que desejamos alcançar e muitas vezes vislumbramos as maneiras como podemos atingir esses alvos e só entendemos que os atingimos se as coisas acontecerem de acordo à maneira como idealizamos.
Daí, porque Deus muitas vezes está agindo e nós não percebemos. Deus está falando e nós estamos ouvindo; Deus está entre nós e não sentimos a sua presença. Tudo já está muito bem traçado em nós. A nossa mente já está cauterizada! Não conseguimos enxergar nada além do que desejamos ver.
E quando as coisas acontecem diferente do que idealizamos nos frustramos; decepcionamos-nos; permitimos que venha ruir nossa esperança; lançamos por terra as probabilidades e deixamos de depositar crédito nas promessas que até então nutriam suas expectativas.
Quantos de nós já nos sentimos assim? Desiludidos; desesperançosos e até mesmo céticos em algumas circunstâncias? Só porque Deus não fez como queríamos! Se não aconteceu como planejamos atribuímos aos outros e muitas vezes o diabo, só porque resistimos a ideia de que Deus sabe o que faz. Você prevê, mas Deus provê! Seus planos são muitos, mas a resposta vem do Senhor.
A resposta não é sua! É de Deus. Quem sabe você não consegue entender o momento em que está vivendo; as dificuldades que está enfrentando; a dor que está sentindo; o fardo que está carregando; não era isso que você desejava. Quem sabe é o contrário de tudo o que você sonhou, projetou para sua vida.
Deus é assim! Quebra nossas expectativas; altera os meios, lança mão das contradições para nos mostrar que ele é o Senhor da história. Que dirige nossos passos; que sabe como e quando o melhor deve estrear em nossas vidas.
E nós, o que sabemos? Nada. Andamos com Deus e parece que não o conhecemos. Jó testemunhou isso bem de perto. Homem justo, reto, íntegro e que se desviava do mal. Nunca esperava que maus ventos soprassem contra sua casa. Tudo ia muito bem, até que tragédias assolaram sua família. Tudo ficou de repente de cabeça para baixo. Jó não entendia muito o que estava de fato acontecendo, mas acreditava que apesar de tudo Deus estava no controle.
Deus sacudiu completamente a vida de Jó. Quem sabe está sacudindo também a sua. Ventos contrários conspiram contra tua vida e contra tua prole. Vendavais, fornalhas, tempestades, desertos, vales, montanhas são apenas meios de Deus para trabalhar na tua vida. Apesar de tudo o que está acontecendo não esqueça VEJA DEUS!
Quem sabe meus planos estão sendo frustrados nessa hora, para que os planos de Deus se concretizem na minha vida. Foi assim com Naamã... Procurou o profeta esperando que o milagre acorresse de forma milagrosa, esplendorosa, gloriosa, mas o que ele encontrou foi um rio totalmente poluído. Disse Naamã: como pode... Tem tantos rios... Muitas vezes Deus se utiliza de coisas desprezíveis para operacionalizar o milagre em nossas vidas. Sua bênção pode estar num emaranhado de coisas que você considera banal, enquanto você espera desnecessariamente, o novo, o que está longe.
Outro texto que chama minha atenção foi a pesca maravilhosa. Os discípulos passaram toda a madrugada pescando e nada puderam alcançar. Estavam cansados, exaustos, decepcionados com a viagem tão mal sucedida, pois nenhum peixe conseguiu colher em suas redes. E Jesus, entrando no barco disse a Simão: Lançai as redes... Mas Mestre...
Às vezes lançamos tantas redes na vida tentando colher coisas que desejamos e quando as puxamos estão vazias. Sentimo-nos fracassados, cansados de tentar, desestimulados em voltar a tentar. Entregamo-nos ao caos. Mas Jesus te desafia hoje a quebrar tuas expectativas negativistas e pessimistas. Por mais que você tenha tentado e não tenha conseguido êxito, lave suas redes agora e as lance no mar da vida. Lance as redes não confiando em teu conhecimento, em tua habilidade, mas lance as redes confiando na providência divina, pois nessa noite Deus pode te surpreender!
Você pode colher o que nunca colheu antes, pois só Deus sabe onde estão os peixes. A pesca só pode ser proveitosa, se Deus permitir. Ele pode te conceder infinitamente mais, muito além do que pede ou imagina. CREIA! Tente novamente e deixe os resultados com Deus! Você terá a mesma sensação de Pedro quando se deparou com a grande pescada. Senhor retira-te de mim, porque sou pecador. Que a admiração de Deus se apodere do seu coração.
Outra narrativa bíblica que sou impelido a citar nessa noite para respaldar minha homilia de que Deus quebra nossas expectativas é a história de Gideão. Gideão estava diante de um grande desafio: vencer o grande exército dos midianistas. Não era uma fácil missão. Gideão precisava de muitos soldados, porém Deus muda as estratégias e resolve diminuir o seu exército. E eu fico pensando na reação de Gideão: Como Senhor... Isso é suicídio... É loucura... Seremos esmagados pelos inimigos. É assim que reagimos, muitas vezes, quando o adversário está à nossa frente. Só porque estamos em desvantagem achamos que somos fortes candidatos ao fracasso. Que vitória só se consegue com reforços; com pessoas nos cercando por todos os lados...
Olha meu irmão, numa peleja, seu papel é lutar; lutar incansavelmente. Mas a estratégia de guerra Deus te dará. Ele te mostrará que é possível vencer em desvantagem; que é possível vencer quando nossas forças desvanecem; que é possível vencer quando a nossa visão física e carnal nos mostra o contrário; que é possível vencer um grande exército, mesmo quando estivermos sozinhos. Não tenha medo; mantenha-se preparado, porque assim como o povo de Deus venceu os midianistas sem lutar, fica na paz, mesmo que você não entenda, Deus lutará por ti. Deixe de lado tuas estratégias e abrace o que Deus tem preparado para a tua vida.
Deus não quer te confundir, apenas quer te mostrar que ele sabe os caminhos que você deve percorrer. Confie em Deus e não te surpreenda se Deus mudar teus planos. É para teu bem; para tua exclusiva edificação. E não se esqueça: Ele transforma o mal em bem.
Ele transforma realidades! Muda o curso da história; inclina o coração do rei; move montanhas para que os seus planos se cumpram em nossas vidas. Não adianta querer condicionar Deus ao nosso universo estritamente limitado. Deus está acima de nós. Ele não nos deve explicação dos seus atos.
Abra seus olhos espirituais! O agir é de Deus! A metodologia é dinâmica, criativa. Moisés chegou abafando na presença de faraó, fazendo milagres, a fim de que libertasse o povo e simplesmente, os magos e encantadores fizeram os mesmos sinais. Moisés ficou arrasado! Esperava que o faraó fosse intimidado e libertasse o povo imediatamente. Mas isso não aconteceu!
Conclusão:
Às vezes esperamos que as coisas aconteçam num piscar de olhos, num estalar de dedos, só porque oramos e vivemos na palavra. E nos decepcionamos... É bom lembrar que as coisas só acontecem em tempo oportuno. Tudo é bom ao seu tempo. Moisés não entendia que toda a sua caminhada para o Egito tinha como objetivo a glorificação do seu nome entre os povos.
A tua espera, a protelação da bênção servirá para teu amadurecimento e para a glorificação daqueles que vivem ao teu redor. “Entrega o teu caminho ao Senhor, confia Nele e o mais ele fará”.
Pr. Ângelo Publicado originalmente aqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é de suma importância. Ele será exibido após minha aprovação. Obrigada. Volte sempre. Thayra Azevedo