quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Clarice Lispector: Alma e sangue... literatura e arte... Enigma e verdade

A palavra, a escrita sempre foi seu maior amor, seu maior prazer. Já dizia ela que sua vida era escrever, escrever. Clarice Lispector é uma mulher de alma vibrante. Digo é, porque ainda permanece viva em nossas lembranças, na literatura e em nosso coração. Ousada, delicada essa brilhante escritora, cronista, poetisa, nascida durante a viagem de emigração da família em direção à América, em uma cidadezinha da Ucrânia, no dia 10 de dezembro, marcou e ainda marca as gerações com seus textos e pensamentos. Muitos deles profundos, que serviam de refúgio, ou simplesmente de desabafo para alma. Alma que ela descrevia ser solitária mesmo rodeada pelos filhos .

Sua maior companheira era a máquina de escrever, o som dos dedos tocando as letras, que a acompanhava por horas, de dia, tarde, noite e madrugadas, muitas delas de insônia. E o que restava a Clarice... escrever.

São muitas obras, muitas crônicas. Muitas publicadas no Jornal do Brasil no período de 967 a 1973, mas todas têm características em comum, a alma e a profundidade de Clarice. Seus textos, frases e pensamentos soltos revelavam que ela mesma se considerava uma incógnita: "Tenho várias caras. Uma é quase bonita, outra é quase feia. Sou um o quê? Um quase tudo".

Sou muito suspeita para falar desta mulher. Que de muitos autores foi a que mais me identifiquei, a que mais conseguiu revelar o que passa dentro de mim, através de suas eternas palavras.

Conheci Clarice de ouvir falar, hoje posso dizer que a conheço de lado a lada com ela andar, nas leitoras e nos livros que guardo em minha estante, ou os que ficam em minha cabeceira. Ontem mesmo li Clarice, pois estava morrendo de saudades, mas não sabia que hoje era aniversário de sua morte (9 de dezembro) e amanhã (10 de dezembro) ela completaria 90 anos de literatura, pois pessoas como ela já nascem com o dom, o de transformar palavras em flores e amores.

Parabéns Clarice!

Thayra Azevedo

2 comentários:

  1. nossaaaa que legal, num sabia do seu blog, está de parabéns. Muito legal sua crônica, gostei muito

    @leomarconi

    ResponderExcluir
  2. Adoro Clarice Lispector! Parabéns pelo post.

    ResponderExcluir

Seu comentário é de suma importância. Ele será exibido após minha aprovação. Obrigada. Volte sempre. Thayra Azevedo