domingo, 24 de outubro de 2010

O Segundo turno

As primeiras eleições passaram e já estamos indo para a do segundo turno, e eu tinha decidido não me manifestar, no entanto para esta li alguns textos que me provocaram questionamentos. Desde que eu me entendo como uma pessoa de opinião percebi que o Brasil mudou sim, para melhor, pode ser ou é, mérito do governo Lula. Nosso país não é mais visto como apenas um lugar de ‘belezas’ e violência (coisas que se contradizem), coloco entre aspas porque o Brasil tem muitas coisas feias, maquiadas, um exemplo é o Rio de Janeiro. Tirando os pontos turísticos e as belas mulheres e homens malhados, a cidade maravilhosa é feia, suja e cheira mal, mas isso não vem ao caso. Então, nosso país mudou sim, para melhor. Neste governo o povo teve vez, logo não posso deixar de parabenizar o presidente.

Se o Lula tivesse concorrendo à presidência, sem dúvida não teria segundo turno, mesmo com a maravilhosa Marina Silva na disputa, no entanto os tempos são outros, ele colocou outra pessoa para representá-lo. Dilma Rouseff tem suas qualidades, é uma mulher de fibra, inteligente, sem contar que é uma mulher, o que implica que cada vez mais devemos acreditar na força e no poder feminino. Ai para contrapor tem o José Serra, tem lá suas qualidades, mas particularmente não gosto dele, então prefiro não falar.

Até aqui parece que votarei na candidata do Lula, mas aí entra outras questões, eu não gosto do vice de Dilma e não gosto do Serra, mas simpatizo com o vice dele. Não estou em nenhuma balança, mas se eu ficar vendo o horário eleitoral entro na campanha do voto nulo. Entra a reflexão de que essas brigas entre partidos estão ficando cada vez mais baixas, não merece meu respeito. O dia das eleições está próximo. Precisamos votar conscientes, é nosso futuro que está na ponta dos dedos do povo brasileiro, nas nossas próprias pontas de dedo.

Em vez de ficarem trocando acusações ou competindo para ver quem é o melhor, candidatos, mostrem para nós o que farão de bom para o povo. Precisamos de trabalho e de propostas decentes, que não seja apenas para competir com o adversário mostrando que você é melhor que ele. No dia 31 de outubro quero votar consciente, com a certeza de que fiz uma boa escolha, como cidadã, jornalista, cristã...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é de suma importância. Ele será exibido após minha aprovação. Obrigada. Volte sempre. Thayra Azevedo