sexta-feira, 13 de março de 2009

Rio lança campanha Analfabetismo Zero, ainda este mês

A campanha será voltada para trabalhadores de indústrias
Zerar o analfabetismo até o ano de 2010, em todo o estado do Rio é o objetivo do governo em parceria com o Sistema FIRJAN, por meio do SESI-RJ. Será lançado ainda este mês a campanha Analfabetismo Zero, para alfabetizar 4 mil pessoas utilizando a metodologia TransFORMAR, aprovada pela ONU e que já formou 130 mil no estado em programas passados. O Ministério do Trabalho calcula em 3.396 os analfabetos na indústria fluminense. O projeto prevê um número maior, para o caso de ter havido subnotificação. A iniciativa começa com uma convocação feita pelo presidente do Sistema FIRJAN, Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira, por meio de uma carta que será enviada a 9.500 empresas do estado. Em vídeo institucional, o presidente reforçará a mensagem: "Se na sua empresa trabalham analfabetos, indique-os para o projeto. Todo o programa educacional é gerenciado pelo SESI-RJ, e você só precisa indicar os alunos e ceder espaço para as aulas. Assim, você poderá contar com funcionários com mais qualidade de vida e mais produtivos, gerando mais resultados para sua empresa". Além disso, equipes do Sistema FIRJAN vão fazer visitas às empresas. A partir da localização dos analfabetos, o SESI-RJ será o responsável por montar salas de aula, implantar o projeto, contratar e capacitar professores, fazer o monitoramento e a supervisão pedagógica e fornecer o material didático. Cada turma terá no máximo 20 alunos. As aulas estão previstas para começar em maio, com duração de seis meses, quatro dias por semana. A carga horária total será de 240 horas. O público-alvo do programa é o industriário que não sabe ler e escrever; reconhece e escreve letras do alfabeto, mas não faz junção de sílabas; reconhece e escreve famílias silábicas, mas não faz combinações para formar palavras; lê e escreve palavras, mas não as organiza em frases simples; e que apenas assina o nome. Neste ano, o SESI-RJ e o SENAI-RJ vão oferecer mais de 37 mil vagas gratuitas em seus programas educacionais para a população de baixa renda do Estado. As vagas estão sendo distribuídas por etapas, bolsas de estudo, convênios com sindicatos empresariais, acordo com o Governo do Estado.
Originalmente publicado no site do Governo do Estado (www.imprensa.rj.gov.br)

Um comentário:

  1. Bom Dia Querida Flor

    Por onde andas heim ? rsrs

    Passo para desejar um lindo domingo,repleto de flores,sejam elas de todas as qualidades,borboletas a enfeitar teu jardim e dizer...
    Felicidade e acessivel...basta esticar a mao !

    Doces Beijos

    Doce Essencia

    ResponderExcluir

Seu comentário é de suma importância. Ele será exibido após minha aprovação. Obrigada. Volte sempre. Thayra Azevedo