sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Estudo diz que aquecimento pode provocar escassez de alimentos

*Onde iremos parar assim? De acordo com pesquisadores dos EUA disseram nesta quinta-feira (8), o aquecimento global deve prejudicar a agropecuária e provocar uma grave escassez de alimentos para metade da população mundial. Os piores efeitos ocorrerão em algumas das regiões mais pobres do planeta, nas zonas tropicais e subtropicais, segundo o artigo publicado na revista Science por David Battisti, professor de Ciências Atmosféricas da Universidade de Washington, e Rosamond Naylor, diretora de Segurança Alimentar e Meio Ambiente na Universidade Stanford (Califórnia). Os dois combinaram observações diretas com dados de 23 modelos climáticos globais, e concluíram que há mais de 90% de probabilidade de que, até 2100, as temperaturas mais baixas da época da safra nas zonas tropicais e subtropicais serão superiores às temperaturas máximas atuais. Nas zonas temperadas a média de temperatura também deve ser bem superior à atual. Já há algumas amostras do que vem pela frente, como a onda de calor que atingiu a Europa no verão de 2003, resultando em mortes e na redução da produção de alimentos, segundo os pesquisadores. O calor afeta lavouras como de milho e frutas, e acelera o amadurecimento em 10 a 20 dias. O gado também se ressente, o solo fica mais seco, e a agricultura consome mais água, acrescentaram. "O que mais me chocou é que, quando olhamos para os nossos exemplos históricos, sempre havia formas de resolver o problema dentro de um determinado ano. As pessoas sempre poderiam procurar comida em outro lugar", disse Naylor. "Mas no futuro não haverá nenhum lugar para recorrer, a não ser que repensemos nossa oferta de alimentos." *As informações são do estadao.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é de suma importância. Ele será exibido após minha aprovação. Obrigada. Volte sempre. Thayra Azevedo